CARLA CHAIM | "RONDA" NA CASA SERTANISTA

Carla Chaim apresenta exposição individual na Casa Sertanista.

O Museu da Cidade de São Paulo inaugura no sábado, dia 16 de junho, duas exposições em duas de suas unidades. O artista Albano Afonso apresenta a exposição Luz encarnada em corpo/Corpo evanescido em luz, onde a Casa Bandeirante é ocupada por uma série de instalações com objetos fundidos em bronze, cristais e espelhos,que se movem e multiplicam em luzes e sombras banham o espaço; os ambientes da Casa ficam imersos numa atmosfera construída por projeção e refração, e os cristais replicam ou refratam a luz através das obras.

Em Anatomia da luz nº 3, por exemplo, galhos de árvores se juntam a cristais e ossos espelhados. As formas se misturam e se complementam, gerando outras formas. Suspensas, essas peças se movem delicadamente, rebatendo a luz nelas projetada. Surge então um espaço em constante movimento, de embate entre formas definitivas e provisórias. As peças que compõem a obra permanecem as mesmas, mas a movimentação delas rebate luzes inconstantes, que dançam pelo espaço.

A artista Carla Chaim apresenta a exposição Ronda, onde a Casa Sertanista é ocupada por uma série de vídeos e objetos inéditos. Os vídeos são resultado de ações realizadas pela artista no ultimo mês, e explicitam as características da Casa, ao mesmo tempo em que especulam usos e pequenas ficções.

No vídeo Ronda, por exemplo, Carla Chaim executa uma ação onde, no por do sol ronda a Casa Sertanista com uma bandeira negra, feita de papel carbono. Na grande sala da Casa, os vídeos da ação realizada são apresentados junto com a bandeira, que agora repousa na parede como um vestígio da ação de um corpo em um determinado suporte, um rastro de sua presença, ou mesmo o remanescente sinal de um gesto.

Chaim trabalha com a noção de repetição e controle em suas peças, tanto por meio de regras pré-estabelecidas quanto em seus movimentos físicos na elaboração de um desenho, por exemplo, usando o corpo como uma ferramenta importante nesse processo, pensando-o também como um lugar de discussão conceitual explorando
seus limites físicos e sociais.

 

Casa Sertanista

Praça Doutor Ennio Barbato

Caxingui, São Paulo

Tags: carlachaim